Crânio humano é encontrado na Avenida Paulista; é o segundo em duas semanas

03/03/2013 10:46

 

Crânio humano é encontrado na Avenida Paulista; é o segundo em duas semanas

Da redação, Neilton Brito 

02/03/2013-Sábado

Crânio humano é encontrado na Avenida Paulista; é o segundo em duas semanas

Foi encontrado nesta sexta-feira (1º) na Avenida Paulista, em São Paulo. Um crânio humano de acordo com a Polícia Militar, a peça foi abandonada em frente a um prédio na altura do número 1750. A identidade da pessoa que deixou o objeto na via é desconhecida. Policiais civis do 78º Distrito Policial, nos Jardins, vão apurar o caso.

É a segunda ocorrência semelhante que acontece na cidade em menos de duas semanas. Em 20 de fevereiro, um crânio foi deixado em uma jardineira perto do Copan, famoso edifício do Centro projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. O abandono inusitado é investigado pelo 3º DP. Informações do G1.

Municipio se Camamu escolhe novo prefeito neste domingo

Da redação, Neilton Brito 

01/03/2013-Sexta

A lacração das 72 urnas que serão utilizadas no domingo (3), na eleição suplementar para prefeito e vice em Camamu, foi feita nesta quinta-feira (28). Os equipamentos saíram da Central de Apoio Técnico (CAT) do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), em Salvador, e começaram a ser descarregadas, na quarta (27), no cartório da cidade. 

O transporte das urnas do cartório, no Fórum Promotora Alvalisyas Ferreira, para as seções eleitorais da cidade, deverá começar por volta das 5h30 de domingo. Ao todo, 19 locais de votação estarão disponíveis para a eleição. Um total de 288 mesários foi convocado para atuar no pleito. A apuração dos votos será conduzida pelo juiz titular da 78ª Zona Eleitoral, João Paulo Guimarães, após ser feito o isolamento de segurança do Fórum. 

A previsão é de que às 19h a cidade já conheça os seus novos prefeito e vice. O custo estimado da eleição em Camamu é, até o momento, de R$ 70.281,02. Na cidade, mais de 50% dos votos válidos das eleições de 2012 foram anulados por terem sido dados a candidatos que tiveram os registros de candidaturas negados em decisão definitiva da Justiça Eleitoral. A diplomação e a posse dos eleitos estão marcadas para 18 e 20 de março. (Bahia Noticias)

Motoristas pararam de trabalhar à 0h por reajuste e outras reivindicações no Rio.

Da redação, Neilton Brito 

01/03/2013-Sexta

Movimentação de passageiros ficou intensa na estação São Cristóvão do metrô devido à greve de motoristas e cobradores de ônibus (Foto: Ale Silva/Futura Press/Estadão Conteúdo)
Greve de motoristas no Rio deixa trabalhadores irritados.
 
Cerca de sessenta ônibus das empresas Pégaso e Jabour, foram apedrejados por grevistas, na manhã desta sexta-feira (1º), quando deixavam as garagens localizadas em Santa Cruz e Campo Grande, respectivamente, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O incidente ocorreu em meio à paralisação de motoristas e cobradores de ônibus da cidade, iniciada à 0h.
 
Os trabalhadores reinvindicam aumento salarial, fim do banco de horas extras, jornada de trabalho de seis horas e término da dupla função, quando o motorista faz também o trabalho de cobrador. A Rio Ônibus, que reúne as empresas rodoviárias municipais da cidade do Rio de Janeiro, entrou com uma ação na Justiça solicitando que a greve seja declarada ilegal e, por isso, suspensa.
 
Com a greve dos funcionários de ônibus, os cariocas enfrentam uma manhã complicada, com dificuldades para chegar ao trabalho. O tempo de espera por condução chega a uma hora. O ponto de ônibus em frente à garagem da Viação Real na Avenida Brasil, em Manguinhos, no Subúrbio do Rio, estava lotado por volta das 6h20. Informações G1

Renúncia: Bento XVI se despede e promete obediência a sucessor

Da redação, Neilton Brito 

01/03/2013-Sexta

Sinos em todo o mundo marcaram a renúncia oficial de Bento XVI e o fim de seu papado, pontualmente às 16 horas (de Brasília) desta quinta-feira (28). Quando o helicóptero que levava Bento XVI levantou voo no Vaticano, os sinos das igrejas de Roma foram badalados em homenagem ao pontífice. Com a oficialização da renúncia, a Igreja Católica entra na Sé Vacante, que vai da morte ou renúncia de um papa à eleição de seu sucessor.

Bento XVI, 265º sucessor do apóstolo são Pedro à frente da Igreja Católica, deixou de ser papa oficialmente após um pontificado que começou em 19 de abril de 2005, quando foi eleito no primeiro conclave deste terceiro milênio para suceder João Paulo II. Não houve cerimônia especial, já que, como estabelece o Código de Direito Canônico, para que o papa renuncie é preciso apenas que ele o faça em plenas faculdades mentais e o faça perante os cardeais, o que tinha feito já no dia 11 de fevereiro.

O único sinal visível que anunciou que Bento XVI já não era papa foi o momento no qual se escutou no relógio do palácio as badaladas das 20 horas, quando a bandeira papal amarela e branca foi abaixada e a Guarda Suíça fechou a porta de Castel Gandolfo, dando por concluído seu serviço ao papa e deixando o local. A partir de agora, a segurança de Bento XVI está garantida pela Gendarmaria Vaticana.